top of page

SAAE PROMOVE FORMAÇÃO DE MULTIPLICADORES PARA BOAS PRÁTICAS AMBIENTAIS NO CRAS VITÓRIA RÉGIA

Na tarde do dia 10 de agosto de 2023, ocorreu um encontro nas instalações do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Vitória Régia, que trouxe informações para que o cidadão reflita sobre cuidados com o meio ambiente.

A atividade, intitulada “Multiplicadores de Boas Práticas Ambientais”, se insere de maneira sequencial em uma agenda programada de encontros que aborda diferentes assuntos ambientais e que cujas práticas podem ser aplicadas por qualquer cidadão que se prontifique a agir em prol do uso inteligente dos recursos naturais.

Essa iniciativa é parte do Projeto de Trabalho Técnico Socioambiental – Esgotamento Sanitário (PTTS ES), tendo sido planejada e executada pela equipe OMI Consórcio, em parceria com o CRAS Vitória Régia.

O evento contou com a participação de 35 cidadãos residentes na área de atendimento deste equipamento público. Todos estes adultos são atendidos pelo Programa Cartão Alimentação. Dentre eles, alguns já haviam participado de outras iniciativas promovidas pelo OMI Consórcio no âmbito do PTTS ES.

Precedendo o início das atividades programadas, um comunicado de relevância (mas não relacionado às atividades do PTTS ES) foi compartilhado com os presentes. A oferta de aulas de autodefesa por professor habilitado e voluntário. Essas aulas serão totalmente gratuitas, destinadas ao público feminino e ocorrerão no CRAS.

Na sequência desse comunicado, a equipe do OMI Consórcio iniciou a abordagem sobre educação ambiental, tratando do conceito de “colmeia da sustentabilidade", que é um conjunto de ações, tanto da sociedade civil, quanto das indústrias e governo, que promovem a sustentabilidade. Tais ações são de caráter sustentável e podem ser adotadas pelos cidadãos, com o objetivo inequívoco de promover a preservação ambiental e aprimoramento da qualidade de vida.

Subsequentemente, foram apresentados os perfis de consumo da população brasileira, considerando estudo da empresa de informação Nielsen, um estudo datado de 2019, abarcando variáveis como faixa etária, gênero, costumes, preferências de aquisição, relação com a internet, além da consideração pelo meio ambiente, entre outros fatores relevantes.

Destacou-se, ademais, a intrínseca natureza multifacetada dos perfis de consumo de cada indivíduo, não seguindo uma padronização estrita, e como cada um desses aspectos influencia direta ou indiretamente na configuração dos materiais adquiridos nas transações de consumo, assim como em sua quantidade. O consumo desenfreado tem provocado impactos significativos no meio ambiente em sua produção e no descarte desses materiais.

A fim de consolidar a compreensão dos impactos do consumo, introduziram-se os renomados "5R’s": repensar, recusar, reduzir, reutilizar e reciclar, apresentados com ênfase na sequência ordenada que denota a prioridade a ser conferida a cada um desses princípios.

A parte final foi aplicada uma dinâmica composta por perguntas dirigidas aos participantes, visando a sondagem de seus padrões de consumo no cotidiano. Por meio dessas indagações, os presentes foram convidados a refletir sobre seus hábitos, identificando margens passíveis de aprimoramento em cada ato de consumo e descarte dos itens comprados.

Essa atividade interativa onde o cidadão relaciona a teoria com a prática promove o entendimento de como hábitos rotineiros ao serem mudados para padrões que busquem tratar o meio ambiente gerarão efeitos positivos em seu lar, porque trazem economias de múltiplas formas, e na sua comunidade, porque buscam influenciar sua rede de relações e promover o descarte correto dos resíduos, gerando, por fim, menor impacto no meio ambiente.

Diante desse cenário, a equipe conduziu a conclusão da atividade, convidando a plateia presente a desfrutar do lanche oportunamente disponibilizado para todos os presentes.

Alguns registros da atividade e depoimentos podem ser vistos a seguir.




ícone  para acessar o whatsapp do projeto.
bottom of page